Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




True story. #6

por Claudia, em 27.04.15

1.jpg

Nova resolução - emitir opiniões somente depois de me informar melhor e não com base em preconceitos e conservadorismo. Respect others.

Dá que pensar.

por Claudia, em 27.04.15

Os temas da homossexualidade e transsexualidade não são novos mas continuam a gerar muito debate. Pelo impacto na vida das próprias pessoas mas também de quem as rodeia, pelo direito à escolha individual e liberdade, ao casamento e à adopção, pelos conceitos de família, morais e éticos que se transformaram. São temas muito complexos, cujas respostas nos dividem, porque há inúmeros argumentos de um lado e do outro. Já ouvi de tudo, mas quero focar-me numa justificação que é largamente utilizada - "são assim porque está na moda". E de repente lemos isto e pensamos "caramba, o miúdo nasceu mesmo assim, certamente não foi a ver os Morangos ou um filme que achou giro mudar de sexo." E não me convençam do contrário, isto faz qualquer pessoa pensar. Podemos inventar mil e uma razões, também é verdade que noutros tempos esta criança não teria acesso às cirurgias que hoje existem, mas o certo é que a criança sabe exactamente como se sente feliz e quem é, somente com dois, três aninhos, sem o bias da sociedade. Aliás, pensemos no famoso e recente caso de Bruce Jenner, das Kardashians, que levou décadas a admitir que queria ser mulher, apesar de aos oito/nove anos já vestir roupas da mãe e irmãs às escondidas - foram precisos três casamentos e dez filhos (seis biológicos) para finalmente se assumir abertamente aos 65 anos. O Jacob é feliz sendo ele, desde sempre, não precisa de 65 anos de mentira. Não sei se os Pais estão certos ou errados, mas sei que agora ele é feliz. E não andamos todos à procura da felicidade? Sorte a dele, que soube o que queria desde cedo, e como encontrá-la. Sorte a dele de ter uns pais que o aceitaram tal e qual como é. Certo ou errado, vale a pena pensar nisso...

 

Ps - e algo que aprendi é que transsexual não implica ser gay - p.ex., o Bruce Jenner nasceu homem e sente-se atraído por mulheres, simplesmente como pessoa sente-se feminina e não masculino. "Sexual orientation is who you go to bed with, but gender identity is who you go to bed as.” Daqui. Sempre a aprender (vejam o vídeo no artigo, a médica já apanhou crianças com 18 meses a questionar o seu género).

 

Don't be a drag just be a queen!

 

Continuo de luto.

por Claudia, em 24.04.15

O choque mantém-se e desculpem-me, mas acho realmente uma perda para a Humanidade deixarmos de ver o McDreamy semanalmente!!! Deixo-vos os 10 momentos mais McDreamy! Eu tirava o da Addison e adicionava a última mega declaração que ele faz à Meredith quando volta de Washington (e percebe pelo beijo da estagiária que não quer que nada arruine o casamento dele, sim eu estava ressentida por este pecado, mas já está perdoado!). 

 

 

 Why Shonda, WHY?

Stevie.jpg

 

Luto.

por Claudia, em 24.04.15

*Major spoiler alert*

 

Eu sei que é só uma série. Eu sei que é uma tontice, é ficção, um dia tinha de acabar. Mas é mau demais, é triste demais, é uma autêntica estupidez a odiosa Shonda ter morto uma das personagens principais, sem a qual a série não faz qualquer sentido. A história do Derek e da Meredith começou logo mo primeiro episódio, tudo sempre girou à volta deles, mesmo quando estavam com outras pessoas. Imaginar mais uma season sem ele é impossível, prever que ela se vai apaixonar por outra pessoa e criar os filhos deles sem ele não pode ser. Depois de ter morto muitas outras personagens de quem eu gostava (drama bitch queen), isto foi a cereja no topo do bolo. Eu sei que o mundo real não é perfeito, mas caramba, eu só pedia um final feliz, UM, no meio dos outros todos terríveis que ela destinou a tantas outras personagens! Um só! Aguentei perder o Burke, o Denny, o George, a Izzie (por milagre sai viva!), ver a cena no cacilheiro, o tiroteio, o acidente de avião, perder mais a Lexie e o McSteamy, assistir à mega tempestade e, finalmente, perder a Cristina Yang, que era a minha terceira favorita. Matar o McDreamy foi one step too far. Para mim chega de desgraças. Para isto, basta ver o telejornal.

Derek.jpg

Foi muito bom enquanto durou!

Ps - Já posso voltar a ter 28 anos em vez de 13 (mas juro que me apetecia atirar ao chão aos gritos!)

 

Wishlist #24

por Claudia, em 23.04.15

Acessórios da Mawi. Giros, originais e claramente peças statement. Adoro!

 

 

aw14_a_nl_09b_1.jpg

nckgris.jpg

ss15_c_nl_17_a_1_1.jpgss15_c_ear_04_a_1_1.jpg

Colar 1 | Colar 2 | Colar 3 | Brincos 



Mais sobre mim

foto do autor


Instagram

view my food journey on zomato!



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D