Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Amizade.

por Claudia, em 06.11.14

a·mi·za·de
(latim vulgar amicitas, -atis, do latim amicitia, -ae)

substantivo feminino

1. Sentimento de afeição e simpatia recíprocas entre dois ou mais entes (ex.: obrigado pelo carinho e pela amizade).DESAMIZADE, INIMIZADE

2. Pessoa em relação a quem se tem esse sentimento (ex.: fazer novas amizades). = AMIGO

3. Relação de entendimento, concordância, afinidade (ex.: amizade luso-angolana).INIMIZADE


in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
 
 
A minha Mãe sempre me disse que ao longo da vida o nosso conceito de amizade evolui, e acabam por se contar pelo dedos das mãos os amigos verdadeiros. Não tenho um exército de amigos (o número do facebook não conta não!), tenho suficientes, e adoro os meus amigos. Pessoas de quem gosto muito, algumas com quem falo quase todos os dias, e que, mesmo a quilómetros de distância, fazem parte do nosso dia-a-dia. Pessoas que gostaria de ter mais próximas e de quem sinto muito a falta. Costuma dizer-se que os amigos são a família que nós escolhemos, e eu concordo plenamente. Tenho a sorte de ter um núcleo familiar muito unido, e portanto poder complementá-lo com algumas pessoas que considero fenomenais é de facto uma dádiva. Conhecidos há muitos, mas existem aqueles que efectivamente estão lá para tudo, em qualquer momento, com quem se cria a tal afeição e afinidade recíprocas, nem sei bem porquê! Simplesmente porque andámos juntas no Colégio, treinávamos ténis, andávamos na mesma faculdade, porque namorou com um amigo meu, porque trabalhámos juntas, mas sei lá, tanta gente também esteve na mesma situação e não nos tornámos amigos, é muito estranho, é inexplicável, mas ainda bem que acontece. Criamos muito mais do que o que se depreende desta definição, partilhamos vivências que nos marcam e criam uma cumplicidade irrepetível, ligações inquebráveis. E é muito interessante ver como as amizades diferem, porque as pessoas diferem - há amigos com quem falamos todos os dias, outros passam-se semanas e nem uma palavra, mas do nada há um telefonema e é como se tivéssemos falado na véspera; há amigos com quem já sabemos que vamos fazer programas desportivos, outros compras, outros jantaradas e noitadas, há grupos das férias de verão, sei lá, há uma infinidade de variações. E é ainda mais interessante pensar em como temos evoluído com o passar do tempo, relembrar as divagações sobre como achávamos/queríamos que a nossa vida iria ser, e olhar para os adultos em que nos estamos a tornar, ainda a adaptarmo-nos às novas rotinas, os tópicos de conversa mudam, mas as risadas mantêm-se (e que seja sempre assim!). É importante perceber que a vida é mesmo assim, se calhar o tempo para estarmos juntos diminui, mas o que interessa é que se mantém a relação, mesmo que a nossa disponibilidade tenha mudado. E claro que se for preciso, movem-se montanhas para estar lá, apoiar e mimar.
Os amigos tornam a nossa vida melhor. E eu dou-lhes muito valor por isso.


1 comentário

Sem imagem de perfil

De sara.mandeiro a 17.11.2014 às 14:38

Nem mais... perfeita descrição!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Instagram

view my food journey on zomato!



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D