Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O poder de um cão.

por Claudia, em 21.10.14

Em miúda costumava ter medo de cães. Uma vez vi um cão morder um primo meu numa área de serviço e, a partir daí, o meu medo multiplicou-se, nem lhes chegava perto e entrava em pânico quando passava por eles na rua, mesmo que estivessem fechados num quintal. Com a idade este sentimento foi-se desvanecendo, mas não me tornei um apaixonada por animais. Até a Maggie entrar na minha vida. 

A minha irmã andava a massacrar os meus Pais há anos, literalmente, até que finalmente se decidiram a comprar-nos um labrador. Quando a ninhada nasceu fomos vê-los, tendo optado por uma cadela já que a maior parte das pessoas prefere os machos. Nós já somos três meninas, fazia todo o sentido rodear o meu Pai de mais uma!!! O nome foi escolha fácil e consensual, a mim confesso que era um bocado indiferente...

E lá veio ela, uma bolinha de pêlo com menos de 1 mês, amorosa que só ela. Os primeiros tempos não foram fáceis, não sabíamos bem lidar com ela e ela destruía tudo à sua passagem, pelo que passava cada vez mais tempo no quintal (se já viram o Marley&Me, era muito semelhante). Até que um amigo nos disse que ela queria era mais companhia e atenção, que esta raça é muito humana e devíamos passar mais tempo com ela em casa. E desde então descobri todo o fascínio à volta dos cães, e desta raça em especial.

Um labrador é muito mais do que um cão de guarda, ou um simples animal. Estes cães tornam-se parte da família, um membro de direito, que nos acompanha alegremente de manhã à noite. A Maggie vem ter comigo mal acordo e segue-me para todo o lado, cobrando festinhas e brincadeiras sem fim, deitando-se enquanto me arranjo, estudo/trabalho, leio, vejo televisão, cozinho, falo ao telemóvel, chega inclusive a esperar por mim à porta da casa-de-banho!! A Maggie tem uma personalidade fantástica, nunca vi esta cadela amuar, está sempre sempre bem-disposta e pronta para a brincadeira. Adora correr atrás de pássaros e coelhos, delira com crianças e adultos, é uma texuga que come tudo o que encontrar (desde plantas e bichinhos a uma bela sandes ou bacalhau com natas ali mesmo à sua espera na bancada). Nem sei bem como, mas mudei completamente no que toca à minha relação com animais. Hoje em dia brinco à vontade com qualquer cão, mesmo o pastor alemão mauzão da minha amiga Cat. E sofro por saber que há pessoas a maltratar animais (verdadeiras bestas!), a abandoná-los ou a negligenciá-los. E enquanto antes achava ridículas as pessoas que sofriam pelos seus animais, que choravam e sentiam saudades, hoje percebo-as perfeitamente. A Maggie ficou em Portugal, e penso nela todos os dias, morro de saudades dela, de a apertar, de me rir com as tontices dela, até de a ter a lamber-me a mão e a empurrá-la enquanto estou ao computador, para lhe dar mimos. Por isso, quando hoje uma amiga me contou que uns amigos dela perderam os três cães, não pude deixar de tremer por dentro, e de contribuir para que os encontrem e tudo fique bem.

Aparentemente andavam na brincadeira no jardim de casa, em Bucelas, Loures, e fugiram, dia 14 de Outubro, e nunca mais foram vistos. Já fizeram apelos a todos os conhecidos e no facebook, ainda nada. Se alguém souber de alguma coisa por favor entre em contacto com eles. Se fosse comigo ficaria devastada.

Missing dogs.jpg

 

E só porque me deu um aperto gigante, mostro a minha Maggie:

 

Quando a conhecemos

1.jpg

A destruir plantas desde 2005

3.jpg

 Refastelada no sofá

4.jpg

Preparada para a chuva (e mega infeliz)

5.jpg

 A estudar com a dona

6.jpg

 Brincadeiras by my sister

8.jpg

 Lady Maggie 

9.jpg

 Tenho uma adoração indescrítivel por ela! (acho que já perceberam...)

 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Instagram

view my food journey on zomato!



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D