Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Presentes - devolver ou não?

por Claudia, em 07.01.15

Hoje em conversa com a minha colega abordámos, obviamente, o tema Natal e presentes recebidos, tendo discordado num tema: afinal, se recebemos um presente de que não gostamos, com talão de troca, devemos:

 

1) Fingir que gostamos e fazer o frete de o usar quando sabemos que vamos estar com aquela pessoa (eu acho um desperdício)

2) Fingir que gostamos e depois oferece-lo a outra (ahah genial)

3) Fingir que gostamos, agradecer muito e depois ir disfarçadamente trocar (agrada-me e já o fiz algumas vezes)

4) Fingir que gostamos, agradecer muito, mas infelizmente pelo motivo abcde...z não podemos ficar com ele e temos de trocar (há gente mariquinhas pah)

5) Agradecer imenso, mas efectivamente não achamos que seja para nós e vamos trocar (isto só faço mesmo com Pais, irmã ou B., na eventualidade de terem cometido uma gaffe, não obstante conhecerem-me melhor que ninguém!)

 

Eu não tenho qualquer problema que troquem presentes meus, embora cada um seja escolhido com bastante atenção e sempre a achar que é a cara da pessoa (mas tenho uma regra - eu tenho de gostar, recuso-me a oferecer coisas de que não gosto, sei apreciar mesmo quando não são o meu género, e se achar horrendo, não dou!), pelo que incluo sempre talão de oferta. Mas é de facto chato receber mimos de que não gostamos (e oferecê-los!), pelo que há mínimos olímpicos!



Mais sobre mim

foto do autor


Instagram

view my food journey on zomato!



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D