Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Hoje estou lamechas e sentimentalona, é uma grande verdade. Mas finalmente sinto que a minha vida vai na direcção certa, direcção essa da qual nunca me devia ter desviado, mas que querem, sou humana, cometo erros, live and learn, aprendi muito, evoluí como pessoa e sinto que interiorizei, à séria, o que realmente é importante para mim. E o dinheiro não é tudo. Ok, obviamente que também não acho que o amor e uma cabana é que é, há mínimos olímpicos, mas o que eu quero mesmo é ser feliz, e para isso preciso de estar rodeada das minhas pessoas (ou pelo menos a umas curtas 2-3 horinhas de distância), viver num sítio confortável (não precisa de ser um palácio, fait attention), poder ir passear na rua, comprar produtos frescos (e ter variedade de onde escolher), comprar livros, poder ir a uma exposição, a um concerto, a um museu, fazer um piquenique num jardim, ir sair sem medos (e sem ir à falência), ter acesso a um sistema de saúde razoável (embora espere não precisar muito dele), ter um cão, ter filhos, sentir-me a melhorar, pessoal e intelectualmente. E repito, poder estar com as minhas pessoas, que não são muitas, e até podem nem ser as melhores do mundo, mas para mim são e não as troco por outras. Viver com um orçamento mais pequeno pode ser tramado, claro que é, mas ser feliz é tão mais importante. E posso ganhar rios de dinheiro, mas quem me tira isto, tira-me tudo. Para mim, ganhar muito não é, de todo, suficiente. Adorava ter uma Chanel, viajar todos os meses e comprar as milhentas casas super giras que vejo. Mas do que eu sinto mesmo mesmo falta é de estar descansada na minha Lisboa (até na minha Europa, não sou esquisita...), viajando 2-3 vezes por ano, mas sabendo que sempre que queira a minha família está a uns minutinhos de carro (pronta para qualquer crise), sabendo que os amigos estão ali para as noites de preguiça com pizzas e filmes, para as tardes de compras, vinho e gargalhadas, para tudo!, sabendo que temos um clima fantástico e mil e um programas giros, mesmo sem gastar muito, what else do we need? A meu ver, nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Imagem de perfil

De Sandra a 25.06.2015 às 22:47

Queremos o mundo, mas somos felizes é "em casa"! Vais voltar?
Sem imagem de perfil

De Di a 26.06.2015 às 09:41

Volta que nós estamos cá à espera :)
Imagem de perfil

De Miss Fox a 26.06.2015 às 12:17

Lisboa está à tua espera ;)
Imagem de perfil

De As Nossas Voltas a 26.06.2015 às 17:46

Cada pessoa devia sair do seu "cantinho" para dar mais valor ao que antes parecia não ser o mais importante... Sei bem o que sentes, por isso estar fora da Europa nunca fez parte dos nossos planos... As saudades são tramadas...
Eu acredito que estas experiências acabam por ter um lado bastante positivo ao mudar-nos a visão que tínhamos antes de partir...
Imagem de perfil

De José da Xã a 27.06.2015 às 13:41

Ora aqui está alguém que pensa como eu!
Já disse (e escrevi) que não necessito de muita coisa para ser feliz.
O dinheiro é importante, sim! Mas não é tudo!
Bom fim de semana.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Instagram

view my food journey on zomato!



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D